MOMENTOS!...

 

 

Dias em que o sol se fez; dias em que se escondeu.

Dias que o sorriso em mim brotou;

dias em que a tristeza em mim penetrou.

Dias em que amei, em que fui amado.

Dias que acertei; e os que errei.

 

Dias em que vi gente que amo nascerem; e,

em que muitos a quem amei morreram.

Dias em que fui beijado, agraciado, benvindo e saudado;

outros...rejeitado, traído, esquecido.

 

Dias em que o mar apresentava-se a mim calmo como um anjo,

outros dias ele foi feroz...

Dias em que não vi as horas passar,

outros...pareciam que os dias eram intermináveis.

 

Dias em que me deitei feliz,

outros...que nem dormi tomado pelas lágrimas...

Dias em que presenteei; dias em que nada ganhei.

Dias em que pude ver o sorriso na face de meu irmão;

outros...que só vi lágrimas, algumas, vindas da violência espúria...

 

Dias de Paz; outros de guerra, de respeito; de ofensas...

Ah, dias estes...em que se somam; fazendo ao final

história de nossas vidas...

Todos simplesmente chamados de momentos, é momentos!...

Alguns eternos...outros passageiros...

 

Paulo Nunes Junior

SP Brasil

 
******************************
 
Azul
Graça Ribeiro
 
 
Ando pela casa dos sentimentos
dentro da alma confusos gritos
choram ausências, buscam carinho
mas sei que eu não ando sozinho
 
Caminho por uma trilha de medos
 que anseiam tocar o colo da vida
mas  os dias seguem seu curso
água benta,  mar bravio
 
Busco tal qual elo perdido
 um não sei quê  que me devora
 desejo de sim no tempo sem hora
suplicante olhar que me consola
 
Ando neste espaço do tempo
 dentre as murallhas do ser
não sei como o tempo passa
quanto mais vivo e  sinto
mais  intensamente quero viver
 
Ando como sonâmbulo entre  letras
sonho um país  chamado felicidade
 enquanto houver um ser que sofre
a minha  luta é pela igualdade
 
No azul deste universo de idéias e ideais
anseio conquistar serenidade de ser
tudo começa em nosso interior
como ensina  nosso  Mestre e Senhor
 
Amar o próximo como a si mesmo
esta é a maior lição de amor
e tudo  finda e principia
  tudo  fala e silencia
 no  Azul... Deus de toda Poesia
.
***************************************************
 
MOMENTOS...DIA COM NOSTALGIA
 
Tem certos dias que o melhor seria não sair da cama, do sono, do casulo ou de um bom esconderijo,a saudade vem não sei de onde,vem estranhos desejos, nostalgias e arrepios de tristeza, e tudo isso sem ser conhecido o fundamento...Queria poder parar o tempo,a dor, a solidão, o desamor e até existência!
Tem certos dias que tudo dói em nós, andar dói, pensar e tentar entender dói demais, melhor dormir e talvêz nunca mais acordar...Em certos dias me sinto assim, sem jeito pra nada, sem alegria,esperança, sem carinho e também sem fé, sem fé que um dia eu possa entender, encontrar carinho e amor, que a minha solidão se acabe, minha alegria chegue, e quem sabe,o coração de alguém se encha de amor por mim...
Pensamentos confusos passam pela minha mente, Estarei febril a delirar?
Tem certo dias que a alma mostra a sua idade real,pelo cansaço,  mostra já ter milênios vividos...Talvêz essa alma cansada necessite ficar na cama por um dia,saudosa,triste e confusa, para depois de passadas as vinte e quatro horas ela se levante revitalizada,  refeita tal qual fênix ressurgida das cinzas...Acorda alma amada e siga em frente, seu caminho é longo, tem pedras e espinhos, mas também tem amor e carinho...Outros dias virão acompahados de alegrias ou tristezas, e em cada um dia que passa, a sua sabedoria e força são aumentadas, até chegar o tempo e a hora de dizer adeus as tristezas e nostalgias, para fazer festas de boas vindas para a eterna e merecida alegria!
Um dia na cama é bom,muito melhor é o tempo que tudo faz passar, e a todos os males faz curar.
 
NRosa (Neuzita)-4/3/08
 

 

Indique este Site!

 

VOLTAR