UM DIA QUE JÁ VAI LONGE,  LI VERSOS DE UM POETA PORTUGÊS QUE MARCOU MUITO ESTE CORAÇÃO QUE HOJE SENTE OS VERSOS DO POETA COMO VERDADE...
"...Se um dia não chorar mais e a lágrima secar
Isso será um sinal que já deixei de te amar..."
 
(Perdoem não citar o nome, escapou da memória...)

 
ENGANOS E LÁGRIMAS...
Carmen Ortiz Cristal 
 
Carreguei o amor como um cristal
Com o zelo de uma mãe por seu rebento
D’alma cantei em versos com verdade
Do coração rendi homenagens à felicidade,
Acalentei a esperança em beber na fonte do prazer

Adormecer num abraço para acordar na confiança
Fazer das pegadas, um rastro de bem-aventurança!...
Guiada pela mão que se levantaria protetora...
Infeliz que na fé deitou no berço de credulidade
Para transpassar o peito com o punhal da traição

Por uma confiança não merecida, outras lágrimas!...
Um pranto que jamais imaginei chorar...
Ferida no que tinha de mais precioso, meu amor!...
O que pode mais importar?...

Saio!... Caminho rumo ao nada...
Mergulho da escuridão a que me condenaste,
Sei apenas que irei continuar...
Quem sabe um dia ainda encontre o sol

Veja a face da sinceridade e nela a luz permanente
Companheira, verdadeira, uma luz real!...
Não venha destruir, com amor traga brilho,
Por amor traga vida ao cristal...

Santo André
SP-BR
 

******************************
 
DOR E DESCRENÇA...
 
Entreguei-me em teus braços
 De criança doce ao homem pecador,
Contigo sonhei levar nossos sentimentos
Além das fronteiras do egoísmo,
Nosso amor supera a dor e desencanto,
 
Entreguei-me aos teus desejos profundos,
Neles, contigo, sonhei entre as estrelas,
 Nossa pele ao contato fazia-nos um só,
 Nossos pensamentos divididos
Nossas dores compartilhadas...
 
Veio o tempo e com ele a distância
Que se faz necessária para a reflexão,
Pudemos então observar que nosso amor
É um amor intocável...
 
Que nenhuma força do planeta pode abalar,
Advém da pureza dos cristais,
Que transmite luz à nossos corações
Amizade fraterna à nossas almas.
 
 Por fim,  um ao outro, sentíamos
Como se estrelas fossemos
 Irmãs gêmeas do universo...
Mas enfim, não seremos!?...
 
Paulo Nunes Junior
08/04/2006
 
***************
 
SABER (A)MAR
Daniel Cristal
 
Não caminho rumo ao nada;
Caminho rumo ao futuro...
Tanto enxugo a minha lágrima,
como a tua nesse rumo.
 
Porque te amo, e amo sempre,
a tua lágrima enxugo;
quando sinto a minha entre
os teus olhos, eu os sugo.
 
Não deixo os olhos secar...
Quem limpa a lágrima sente
que não deixou de amar!
 
Olhos de água são de gente...
Não me importo de os sugar:
lágrimas sabem (a)mar.
 
09.04.2006
*******************
 
 

Indique este Site!