Visitou-me o anjo...

Hoje, mais uma vez, meu Pai me envia seu anjo.
Lindo, doce, carrega consigo meu futuro em segredo...
Vem trazer-me a tarefa de apagar as "velinhas",
Saudar este novo tempo...

Ah...Nestes dias que se foram aprendi tanto com meus tropeços,
fiz descobertas incríveis, entre elas:
Que fui forte o suficiente para enfrentar minhas dores, suportá-las,
 E, melhor, suplantá-las...

Ah...Tanto passei!
Dias em que me pareciam de puras trevas
Noites que estive próximo da própria morte,
Madrugadas frias, a solidão a tomar-me...
O abandono, o esquecimento...

Estes momentos se foram, passou...
Certo dia em meio a tudo surge a luz.
As mãos de um Pai que nunca me abandonara,
Pronto: Passou...

Assim é nossa existência...
Marcada por dias, feito por horas, neste relógio mágico chamado de vida.
Um anjo nos vem visitar,
Apaga um número e coloca a nossa frente um novo...
Como um grande desafio e, lá vamos a prosseguir,
Sem saber o que nos espera, mas temos que enfrentar.

Certamente, poderíamos achar mais fácil, se pudéssemos,
Apagar do futuro os dias de trevas,
Onde as provas nos são colocadas...
Mas, ai, como saberíamos ser luz?
Como, enfim, estaríamos preparados para sermos exemplo de algo?
Se fugíssemos à essência,
Mesmo que ela fosse a dor...

Neste novo tempo que agora vou enfrentar tenho uma força básica,
O Amor...
O amor, a certeza que ele me ajudará a vencer todos os obstáculos.
Desejo chegar ao desafio da próxima vela...
Mas, se não chegar...
Quero estar sempre pronto para abraçar meu Pai
e poder ser chamado de seu filho!

Nestes momentos de desafio pelo que passei,
Cada um de vocês ai do outro lado me foi muito importante.
A vocês abri minh'alma através da poesia.
Mostrando-lhes que não tinha medo de chorar...

A cada qual meu muito obrigado!
Do fundo de minha alma...
Por permitir que a cada dia possa adentrar ao vosso lar
 E, através desta tela mágica levar-lhes meus "bons dias"
e meus humildes textos.

Agora, preparo-me para um pequeno descanso.
Vou sentir saudades...
Serão poucos dias,
Mas, para mim, certamente uma eternidade...!

Estou, ao amanhecer, saindo para um refúgio...
É meu aniversário! Apago a vela cinqüentenária,
Ou melhor, procuro dizer que acendo...(risos)...
Beijos em vossos corações;
 

 
 
 
Paulo meu querido, dizem que os anjos chegam assim mesmo de mansinho,em silencio,
 e simplesmente nos tocam com a delicadeza de suas asas.
Assim vc chegou, delicado, observando quieto tudo ao seu redor...
Nao importa como, nem onde, mas tenho ac erteza que Deus se sente muito feliz em ter enviado pra terra um anjo feito voce, que nos abençaa todos os dias com sua sabedoria, espalhando amor e carinho .
Paulo, so posso desejar a voce neste dia, que todos os teus sonhos continuem se realizando e que vc seja iluminado cada vez mais.Obrigada por estar em minha vida, obrigada por ser quem é, obrigada por tudo,beijos em teu coração.
Iaramel

Indique este Site!

 

voltar