Enlouquecido!...

 

 

 

 

A teus desejos entrego-me...

Em teu corpo sacio minha fome,

Em teus olhos encontro-me com o horizonte

que me pede mais...e mais...

Entrego-me tornando-me animal sem razão...

 

Dominado por teu cheiro

faço de ti mulher em gozos múltiplos,

gotígulas de prazer incontido.

 

Sentindo tua boca tua língua sob minha pele

eleva-me aos astros sentindo-me dono de ti,

Em teus seios aconchego os meus lábios

te faço minha deusa, entre lençois,

jardins, praias...

 

Encontro nosso leito de prazer enlouquecido

e para que razão?

Se, agora somos nos dois, um só...

Vem paixão!..

Te quero e quero mais, sempre!

 

Vem, me deixe enlouquecido!

 

Paulo Nunes Junior

 

 

Indique este Site!

voltar