Se Sou...Serei...

 

 

 

 

 

Se outros vos mostram a lua,

 

Então, vos mostram a mim mesmo!

 

Se, ainda assim, te mostrarem o sol,

 

Serei eu novamente!...

 

Se, te mostram o oceano...

 

Mais um vez serei eu!...

 

Como poderá procurar outros braços

 

Se, a tudo estou em para ti!?...

 

Entrego-te o ser em minha alma,

 

Entrego-me a todos os teus desejos,

 

Em todas as formas sem pudores,

 

Sem pensamentos.

 

 

 

Você é minha força

 

Meu maior poema

 

Você é minha escrita mais doce!...

 

A força para as palavras severas,

 

Meu acalento quando sou magoado.

 

Que mais frágil ou gigante

 

quando escondido eu reapareço

 

Movo-me por encantos teus

 

Como se tu fosses a própria terra...

 

 

 

Ah, e se fosses a terra?!...

 

Seria eu a borboleta em teu aroma...

 

Seria o pássaro a cantar-te a vida,

 

Seria o riacho a levar-te as águas e,

 

Ainda, que os ventos soprassem...

 

De teu íntimo viesse o calor, teu manto interior...

 

Eu seria o mar a banhar-te às margens...

 

Para acalmar-te após a erupção!...

 

 

 

Mas se olhares para o céu e, além de mim,

 

outros vos saúdam e contemplam...

 

São demais movidos por teu esplendor de amor...

 

Mas o meu olhar se faz diferente,

 

Nosso amor foi escrito em outros tempos,

 

outras vidas...prometido entre anjos

 

que hoje nos saúdam...

 

Nossas vidas tomadas neste sentimento

 

Superando e dando forças necessárias...

 

vencendo a tudo e os opositores deste sentimento.

 

 

 

Hora sinto-me criança em teus braços,

 

Hora homem,

 

em nossos momentos mais íntimos...

 

Sinto estar contigo em meio às estrelas...

 

Êxtase que me provoca tua pele!....

 

Fiz-me te amar pelas mãos...

 

Mãos que sempre estiverem  a disposição na dor,

 

Mãos que me ajudaram a suportar

 

Dores inaceitáveis a muitos

 

 

 

Hoje quando penso que posso perder-te...

 

Lanço-me ao vale da tristeza e, lá fico,

 

esperando meu fim, nada, fará sentido,

 

Haverá em mim a força de antes?...

 

Você é meu alimento,

 

Se sou anjo (como dizes)...

 

És as minhas asas!...

 

Se sou tua noite, serei então estrelas

 

para iluminar-te sempre

 

Se sou teu amanhecer serei sempre

 

o Sol a te aquecer,

 

Te amo...Te amo...Te amo!...

 

 

 

Paulo Nunes Junior

 

Bertioga

 

 

 

 

Indique este Site!

voltar