MORANGOS INESQUECÍVEIS...
Paulo Nunes Jr
 
Nós dois percorrendo o bosque,
brincando como crianças travessas,
Aí que bom!
Sentimento único...
Andar entre os bosques
lhe entregar uma flor,
que cuidadosamente escolho para ti,
 nenhuma delas comparada a tua beleza,
nenhuma delas com teu cheiro...
 
Ah dia aquele!...
Mãos dadas como dois anjos,
junto a você sentia-me flutuar.
Tudo tão belo, tão especial!...
Vivíamos em magia a realidade.
Frente a nossos olhos
era como uma miragem.
 
Às vezes parava, agachava,
Pegava uma pedrinha, para apertar,
e sentir que não era sonho,
E você, com seu sorriso maroto dizia-me:
-Vamos amor...Vem comigo!...
 Correndo pelo bosque
como se estivéssemos em um templo,
O templo do nosso amor, só nosso, único!...
Cercado pela natureza,
que nos protegia e saudava...
 
O dia passou e sem que percebêssemos,
A noite chegou com seus medos.
Você tão frágil, entre meus braços tremia,
Eu, a te guardar e proteger,
como um cavalheiro.
Teu herói, teu protetor, num gesto único!
Tendo a lua
como testemunha de nosso amor
Deitamos sobre aquele tapete
vermelho e verde.

Teu cheiro misturado
ao cheiro de morangos...
Lentamente entre carícias
vai retirando-me as vestes,
ofertando-me os morangos
com teus lábios de mel ,
Minha boca sedenta da tua
suplica teus beijos.
 
Nos entregamos sobre
um lençol vermelho e doce
Morangos colados aos nossos corpos,
Ao que íamos buscando com paixão...
Deliciando-nos ao sabor do amor
e da doce fruta...
Nossos morangos
a guardar aquele momento!...
Delícias daquele dia...
Ah o de morangos!
Ah lembrança doce!...
Um dia de amor...
 

18/01/2006
 

Indique este Site!

Voltar