Desfilando entre as estrelas

 

 

Ao caminhar pela vida, deparo-me com tua silhueta e, meio ao caminho do desconhecido,  oferece-me tuas mãos, cede teu sorriso, transforma minhas noites escuras em noites tomadas pela constelação de estrelas,

 a rodear-nos nesta magia chamada paixão.

Eleva-me sobe as estrelas e, com elas, sinto-me a desfilar entre o universo, a sentir tua boca, tua pele, teu aroma teu ser.

Esconde-se dentre as estrelas e, logo, te acho, porque tu és a de brilho maior, a que foi capaz de devolver-me o brilho da alma

Se antes, tudo me fazia sentir-me velho e jogado, hoje me fazer sentir-me renovado, abastece-me a alma com teu carinho, teu olhar profundo e, em noites de magia, fazes de mim teu escravo de prazer,

 mas o senhor de tua alma.

Teu encanto, tua doçura, teu jeito meigo, teus  olhos de encanto, elevam minha alma e faz sentir-me meio a um vulcão de amor, sempre a espera de teu calor a abastecer-me

Em gozos múltiplos caricias renovadoras no entro de nossas almas Alcançamos e tocamos a própria lua, fazemos de cada um de nossos instantes, únicos responsáveis pelo brilho que nos rodeia nesta constelação agora comandada por ti.

 

Paulo Nunes Junior

Sp Brasil

 

 

 

www.paulonunesjunior.com.br

 

CONSTRUAMOS A PAZ SEMEANDO O BEM!

 

 

 

 

 

Indique este Site!