Onde está meu amor?

SuelyDam

08/11/2005

 

Oh! olhos por quem choro

olha pra mim de novo não demora

já raiou o sol na aurora

e você não vem assim eu morro

 

Quando está comigo eu fico feliz

minha alma sorri quando me diz

que me amas, me amas, me amas

ouço sua voz que minha alma chama

 

Não demora volta anjo querido

sem você fico sem meu doce abrigo

tenho medo, corro perigo

é como viver a vida sem ter vivido

 

Eu chamo e você não vem

eu grito você não escuta

sei que esta triste também

nessa distância que não encurta

 

mas eu espero

não demora

vem logo

senão eu choro...

 

 

 

Em Teu Socorro...

Paulo Nunes

 

Choras!?...

E, tuas lágrimas quase conseguem apagar

o fogo que tenho dentro de  mim...

Como poderei deixar de olhar para ti

se você é meu universo, meu campo 

meu céu, minha lua, meu sol?...

Morrer... jamais...

se és encanto, beleza,

seus gestos de amor perpetuarão na terra

como raízes profundas

de uma imensa árvore de doçura.

 

Estou sempre contigo

nas noites mal dormidas

nos teus sonhos mais singelos

e até mesmo os mais eróticos,

 lá, em teu sonho,

somos amantes do prazer completo.

 realizando cada instante

com nossos gestos de carinho

gozos de amor, corpos suados, cheio de paixão.

 

Dizer que te amo é pouco

pois agora, todos já sabem,

os mares falam de nosso amor,

os pássaros cantam nossa canção

o mundo já sabe que somos dois

um só sentimento, um só amor,

um só mundo.

Teu abrigo agora é o meu coração

dentro do meu peito construístes teu ninho

se faz presente, se faz única,

aconselho e protejo-te de todos os perigos.

 

Teus gritos que antes me chamavam

dão lugar agora a gritos de prazer e êxtase

vem...vem comigo...

enxugue as lágrimas do passado,

faz-me com teus lábios

sentir o prazer feroz do amor...

que se transforma de gato em leão

e te devora...

 

Está vendo não demorei,

estava sempre aqui quietinho 

entre estrelas

vendo-te sempre e desejando-te

em todos os meus pensamentos mais profundos,

agora sou eu que te peço:

Não fujas de mim meu amor...não me deixes

senão minhas lágrimas não serão suportadas

nem mesmo nos rios mais profundos.

 

PAULO NUNES

27/12/2005

 

 

 

Indique este Site!

Voltar