NAS TREVAS FUI BUSCAR VOCÊ!...
 
Cansado e,
 recém chegado aos jardins dos justos, sentei-me entre anjos,
lágrimas de saudades umedeceram minha face sofrida...
Saudades de seu rosto, de sua pele!...
Saudades de seus olhos de amêndoas..

Então, subitamente!...
Disse aos seres que me cortejavam:
- Não!...
Quero meu amor onde está?...
E os mesmos responderam-me:
- Lá, do outro lado!...
Olhei além das águas cristalinas,
de onde só me vinha a escuridão,
gritos atormentados...
Então...D’entre os seres que jardinavam os campos floridos,
descanso dos pés marcados pelas feridas,
chegou-me uma voz que disse-me:
- Pare!... Basta!...
A quem procura esta lá! E,
lá permanecerá para sempre!...
Tomado pelo desespero,
adentrei ao mundo das trevas,
escondido, com a ajuda de anjos
que exalavam jasmins...
A tudo vasculhamos a tua procura e, lá, entre arbustos de espinhos,
te encontramos,
e tu, gritavas pela dor...
Neste instante segurei-lhe em meus braços, e procedi a fuga,
apesar da luta atroz,
caíste em uma outra dimensão.
O vazio infinito entre nós,
e lá me perdi de ti e,
 sem ti por décadas fiquei...
De um lado a dor
de não poder vê-la!... 
De outro a certeza
que não mais sofrias...

Até...Que depois de passados
tempos de amargura,
consegui te achar no universo,
num lugar chamado terra!...
Nosso primeiro olhar
denunciou todo o amor guardado através do tempo.
Um amor eterno!...
O meu amor que era para ti...
Passearemos de mãos dadas!...
Lutaremos juntos pela realização deste amor que antes,
estava condenado às trevas...

Por ti avancei na escuridão,
percorri vales sombrios,
te libertei e, por ti agora
 percorrerei o mundo
afim de que sejas feliz!..
Se necessário fosse
percorrer tantos outros
vales de sofrimentos para ver-te feliz,
tudo, e a todas as forças,
novamente enfrentaria por ti!...
Agora, livre enfim,
das dores e lembranças do passado, vem comigo!...
Vamos juntos, edificar nosso amor, um amor que será exemplo a todos os desesperados,
Vem!...
 
Assim é nosso amor!...
Verdadeiro, vencedor sobre tudo e todas as forças contrárias,
jamais morrerá,
antes, vencerá o tempo,
o espaço infinito por seu querer!...
 
Amor enquanto verdade será sempre a maior das armas para as conquistas...
 
Paulo Nunes Junior
10/01/2006

 

***********************

RESSURGINDO DAS TREVAS

Pilar Casagrande

 

Aquela mesma luz perdida na distancia,

Que a criança vê em toda sua infância,

Inda brilha no ponto em que outrora estava,

Como se fora um sol que tudo iluminava.

 

Nessa fase, na borda escura da floresta,

 O passaredo, ali reunido, todo em festa,

Cantava nos ipês, beijando-lhes as flores,

Haurindo de seu caule esplendidos olores.

 

Foi aí que se fez feliz a minha vida,

A me embalar a alma, em costumeira lida,

Mas a euforia que eu tinha não me informava

O que em outras manhãs a vida me aguardava.

 

E os vis tropeços que em minha vida eu tive,

Que deles a lembrança ainda em mim revive,

São lances vivos que ainda minha alma sente,

Repercutem o seu doloroso efeito no presente.

 

Terminada que foi a dor do meu sofrer,

Eu consegui, enfim, a custo refazer,

Com pétalas do chão, caídas de uma rosa,

Outra rosa de cor vermelha e perfumosa.

 

Agora está feliz no vaso em que se abriga,

Fazendo-me esquecer as tramas de uma intriga,

De uma requesta, de uma dura e longa história,

Que me trouxe, afinal, os louros da vitória!

 

Indique este Site!
voltar