CORAÇÃO DESESPERADO!...
 

Entre os jardins do passado busco-te,

colho as flores que me fazem sentir teu cheiro

e deito-me entre os bosques

sinto teu corpo no toque da terra quente.

 

Entre os pássaros, lembro-me a liberdade de nosso amor, neste canto, recordo-me de tua voz.

Ao olhar os céus sinto seus olhos abertos ao encontro dos meus.

E, ao ver o sol, chego a sentir o calor de nossa paixão.

 

Assim vou...

percorrendo esse mundo

que cobra-me a cada instante a tua distância,

tenho sede de teu corpo,

de teu carinho, de tua pele, de teus gestos.

 

Saudades que me faz ficar com o coração desesperado,

pensando em entregar-me à morte,

sem você nada consigo ser...

Em teus olhos fiz refúgio a minha alma,

em teu corpo o refúgio de meus instintos,

com sua saliva matava minha sede,

em nossos beijos a minha fome.

 

Agora, que tomas distância sinto-me fraco...

 entregando-me neste turbilhão de pensamentos

e neles você toma conta mais ainda de meu ser,

Aonde estas, para onde foste?...O que fazer sem ti?

Ajoelhar-me perante Deus e rogar-lhe?

Vou rastejar-me perante todos,

vou gritar pelas praças,

vou percorrer nações,

quero você de volta!...

 

Por meus erros foste-me

Agora,sem ti, nem mesmo errar consigo,

nada mais quero ser...

Deito-me neste chão frio

entrego-me por inteiro às lembranças

que devolve a meu peito o doce amor que me fizeste sentir,

busco forças para lutar  

trazer-te a este coração

que se transformou em desespero de amor

que te suplica volta meu amor volta...

 

Paulo Nunes Junior

25/05/2006

 

 

 

 

PRECISO DE TI MEU AMOR

 

 

Procuro tanto de ti meu amor, mais  não te encontro.

Tenho o olhar perdido em nossas recordações

porque só elas ficaram...

 

Onde estais meu amor que não te acho ?

Procuro por ti desesperadamente...

caminho por uma estrada longa, durante anos a fio

olho em todos os rostos que parecem ser o teu

mas não é o teu

que desilusão,  não consigo te achar.

 

 

Deixasses a minha alma

invadida por um passado pueril

sonhos não realizados, promessas descumpridas

brincadeiras inacabadas

beijos roubados !

 

Por que nos separamos meu amor,

justo naquele dia em que nos amamos com tanto ardor

e juramos tantas vezes fidelidade.

Eu dizia que só amaria a ti por toda a minha vida,

e tu me dizias que eu seria o teu amor eterno.

 

Assim, sem despedidas,

Partisses lentamente da minha vida,

deixando-me sem qualquer certeza de tua volta

restou-me fitar o teu olhar, 

o último beijo,

o último aperto de mão 

e  a última palavra que eu não quis ouvir.

 

O que querias me dizer meu amor

seria  uma palavra de esperança !

Se era uma esperança que querias me dar

 ela está aqui dentro do meu peito,

desde aquele triste adeus,

afinal foi o adeus do amor...

 

O adeus que me fez te perder naquele horizonte,

onde tu te afastasses aos poucos,

com aquele olhar ardendo de paixão

 fosses caminhando lentamente,

as lágrimas caindo em meu  rosto

e nunca mais cruzamos nossos olhares !

 

Preciso de ti meu amor,

necessito  saber se ainda me amas,

se guardas nossas recordações daquelas noites românticas,

de nossos momentos tão lindos e apaixonados,

quando confundíamos nossas almas,

e nossos corações  batiam tão forte

que eu ouvia o teu coração clamar por mim.

 

Vem amor, volta aos meus braços,

vem reviver aqueles momentos

eu estou aqui no mesmo lugar,

naquela praça onde nossos olhares se procuravam

e já sabiam o que queriam dizer um ao outro.

 

Ah meu amor, momentos lindos aqueles nossos

preciso desesperadamente de ti meu amor

mesmo que fosse por só uma noite,

vem  refazer a nossa história

a história de amor mais linda que já vivi.

 

Ah se eu pudesse voltar aquele dia !

teria corrido atrás de ti e suplicado a tua volta

jamais teria deixado teu coração fugir do meu.

 

 

Vem amor, eu estou aguardando a tua volta

mas não esquece de trazer em tuas mãos

aquelas rosas vermelhas que faziam ferver a nossa paixão

Preciso de ti meu amor !

 

Socorro Lima Dantas

31/05/2006

 

 

 

Indique este Site!

Voltar