BASTA!...

 

 

Vamos abram vossos corações...

Entregue-se ao amor, dêem vossas mãos em torno da paz!...

Basta de guerra!...

Sujeiras, intrigas, maldade, vergonha, mentiras...

Basta ao medo, basta à infâmia, basta a descrença,

basta aos amigos falsos!...

Vamos juntos dar um “basta” a tudo que contamina e machuca os corações... Atinge a moral...

Vamos venham comigo gritem pela paz!

 

Chega de palavras de duplo sentido,

Chega de ofensas na calada da noite...

Vamos... Abram vossos corações voltem a razão,

Entregue-se ao amor, a decência, a amizade, a ternura, a conduta ética.

Vamos construir um mundo sem violência, sem perseguição...  Onde as pessoas possam ser felizes.

Vamos!...Através de nossas mãos escrever sobre o amor...

Atingir os corações tocar as almas descrentes...

Vamos junto levar luz a quem se encontra na escuridão.

 

Saudemos o Amor!...

Ele avança...Pede passagem através de nós...

Vamos juntos mudar tudo de ruim sobre a terra!

Podemos sim!...Agora!...Sem ressentimentos...

Utilizando-se do dom maior do ser humano o PERDÃO!

 

Paulo Nunes Junior

22/02/2006

 

 

BASTA...
Carmen Ortiz Cristal

 

Basta a impunidade
Ao algoz que mutila almas
Cobre com véu negro o brilho do sol
Mancha a prata da lua com o fel da inveja

 

Basta aos que apunhalam pelas costas
Aos que se arrastam no escuro da noite
Apavoram e matam o vaga-lume
Destroem os jardins da decência

 

BASTA!...
Ao morcego que suga a inspiração
Torna os caminhos lamacentos

 

BASTA!...
Aos ataques infames
Desrespeitando idades
Pisando a dor daquele que sofre

 

BASTA!...
Ao que segue sem noção
Sem questionamentos do certo e errado

 

BASTA!...
Infiel que olhou na alma e virou as costas


B
A
S
T
 Ao mal que tent A engolir o bem...
Lamentável é a vilania dos covardes...

 
EM LINHA RETA
O
CERTA
A
 
Erga-se a bandeira do amor
Da consciência
Da decência...
 
 F
   RESPEITO!...
I
T
O

Na mão que estende,
veja o amor, a força!...
O coração que se abre,
a alma que canta,
Cantou e cantará verdades
 
NÃO REGURGITE
Antes rime poesia, amor e fé...
Deite-se nos lençóis brancos da paz
Amor-amigo!...Amor-irmão!...
Não instigue a discórdia, a guerra!
Acenda-se a luz do bem-querer...
D
E
U
   APELO A S ANIDADE...

Vida ao amor...

 

Santo André
SP-BR

 

 

Indique este Site!

 

voltar