Ah, vai...Pare com isso!...

 

Meu amor pare de fugir como se fosse fel amar...

 

Vem entrega-te a mim...

 

Deixe-me despi-la com meus lábios,

Quero te fazer sorrir para o mundo,

Ser teu fiel escudeiro e defendê-la das investidas.

Deixe-me tê-la agora, amanha e sempre!...

 

Entrega-me de vez teu coração...

Grite ao mundo que és minha e ao meu lado se completa,

Sou teu porto seguro e tu o meu oceano,

Sou teu baú mágico e você

 minhas jóias e iguarias mais raras...

 

Quero penetrar em sua pele,

sentir cada pedacinho na penumbra,

com a música que tanto gostas...

e, ao final a grande orquestra

se dará ao entrelace de nossos corpos.

 

Que nus farão a lua encantar-se e as estrelas saudar-te...

Seremos nosso próprio sol,

aquecendo nossos corações pela eternidade.

Ah vai, entrega-te!...

 

Farei de ti senhora absoluta em hemisférios desconhecidos!

 

Vamos mostrar à Eros nossas almas.

Felizes enfim e sobrevivendo a tudo...

Temos a chama do êxtase profundo

 

Quero deixar em ti minha gota de cristal,

Penetrar as próprias rochas se necessário for,

contigo viver uma dimensão jamais vista de amor...

 

A ti entrego meu corpo e minha alma,

escrevo uma história infinita de amor,

Vem...Vai! Deixe disto, vamos nos amar!...

 

 

 

 

 

 

É AGORA.....

 

Graça da Praia das Flechas

30/11/2006

 

Olha que  me  entrego

Todinha  podes  crer

Depois que  eu  fizer isto

De mim  não poderás  correr.

Sou Loira

Louca

Insana

De prazer  ficarás a  morrer

Se  quiseres  se livrar de mim

Não  será  fácil  de  o   fazer .

Em meus lábios  trago  um Mel

Irei  com  ele  te  viciar

É  retirado  de um  jeito

Não posso o segredo  dele contar.

Esfrego  em  teu  corpo  todo

Vais te deliciar

É uma massagem  tão gostosa

Jamais  dela esquecerás.

Tenho a mente pecaminosa

Penso logo  em  loucuras realizar

Se pego  este teu  corpo

Verás  Estrelas  e  até o  próprio Luar.

Te  darei  beijos  de  Rosas

Perfumadas, de  cor  carmim

Virarás  doce  caramelado

Todo  grudainho  em  mim.

Percorrerás meus Montes

Vales

Montanhas

Irás  neles  se  perder

Mas o  tesão  será  tanto

Que custarás  a  te  reconhecer.

Meu  sexo  palpita quente

Porque  sinto  o  teu querer

Estou  como água  em vertente

Brotando como nascentes 

Somente para  te  satisfazer!...

 

 

 

Indique este Site!

 

voltar