________________________
CHUVA DE SONHOS
________________________
       AUTOR: Edmen
                         
  
                  
Nessa chuva de sonhos,
teu pranto se faz doçura,
ternura de uma saudade...
Faz-se também traiçoeira maldade.

Ainda criança, 
teus lamentos, 
depositários de lindos sentimentos;
transformar-se-ão em correnteza de esperança.

Nas enchentes alagadas do coração,
novas flores por certo brotarão,
saberás então que chuvas cessam, 
passam... Fazem retrocessos para nova ilusão.

Novas chuvas virão
respingos prateados escorrerão 
lavando o coração,
para a semeadura de nova paixão.

 
BOM DIA DE PAULO NUNES E EDMEN

Indique este Site!

Voltar