Comunhão

 

Daniel Cristal 
    .

    Puro é o profeta ou o poeta...
Nada vende nem cobra pelo acto
de criar a utopia; deste facto
faz sonhar a pessoa analfabeta.
 
A gente muito triste ou sem dinheiro
ama a criação do mundo noutra esfera
que nada tem a ver com essa guerra
- ama a terra com comum celeiro.
 
É o celeiro que guarda todo o grão
cultivado pela minha-tua mão
ou pelo nosso esforço de oferta...
 
Puro é o profeta ou o poeta;
toda a gente lhe vê a mão aberta
e ama-o sobretudo em comunhão.
 
06.02.2005


 

Indique este Site!

Voltar