O boi que segue...

 

 

A tempos ouvi dizer:

“que os cães ladram e a caravana passa”...

 

Penso, que a "caravana" é de bois...

Há o boi bravo e,

há os bois que seguem

acompanhando o rito do sol.

Dos que pastam, adubam-se flores

ainda que no charco

n’um caminhar direcionado...

 

Mas, há o boi que fica...

(muitas vezes o boi bravo).

O boi que fica é de sina triste,

não teve compaixão em seu pastar

E, por sua vez

não recebeu a dádiva da compreensão,

da união, enfim...da fraternidade entre bois...

 

E dos que ficam...

Cobre-se o véu d’água com a mancha da guerra,

posto que alimenta a fúria,

posto que é mergulhado na própria intolerância

de sua demência improdutiva...

É o boi destinado de alimento aos insaciáveis,

No misterioso da vida pantaneira...

 

Princips

29/05/06

 
 
 

Indique este Site!

Voltar